terça-feira, 15 de julho de 2008

De Longe

Em algum lugar um estranho nos observa. Ele parece esperar uma atitude errada, mal calculada. Ele parece procurar em mim e em você algo diferente. Ele parece querer dizer que ele está entre nós. Em lugar nenhum, nos observando. E lentamente, oculto, flagrado, eu estendo a minha mão. Você não sabe, mas eu não lhe faria mal algum.

2 comentários:

Sarah Germano disse...

eu não acho que ele esteja longe; seja lá quem ele for...
obrigada pelos comentários maravilhosos capazes de salvar meu dia!
1,2, pin... te amo!

Tallulah disse...

É sombra?
Somos nós?

Luta, sorri e caminha.

O amo.