quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O Fim de Beatriz

Beatriz despencou do céu.
E não havia ninguém para pedir bis.
Caiu em câmera-lenta.
Estrela cadente de um filme B.
E não havia ninguém para pedir bis.
Ninguém para lamentar por Beatriz.

Chico, quantos desastres tem na minha mão?

Um comentário: